CESVI Brasil - Centro de Experimentação e Segurança Viária

Japão quer tirar idosos do volante após acidentes fatais

População envelhecida, mas ainda ativa, cria questionamentos.

28/06/2019
Apesar de registrar a mínima histórica de 3.532 mortes no trânsito em 2018, o Japão se vê atormentado pelo comportamento de um grupo que cresce nas estatísticas da Agência Nacional de Polícia. Motoristas com 75 anos ou mais se envolveram em 460 acidentes fatais no ano passado e em 109 nos quatro primeiros meses de 2019. Muitos casos ocorreram por erro do condutor idoso, que acelerou o veículo pensando estar freando. A sucessão de acidentes levou o governo a pensar em medidas preventivas. 

Voltar