CESVI Brasil - Centro de Experimentação e Segurança Viária

Integração completa do Registro Nacional de Infrações de Trânsito é adiada para outubro

Segundo o Denatran, cidades como São Paulo, unidade federativa com maior frota e condutores habilitados, precisarão de mais tempo para adequações e habilitações

08/05/2017
A criação de um banco de dados nacional de multas de trânsito só ficará completa em outubro, quando vence o novo prazo dado ao estado de São Paulo para a adesão.

O Registro Nacional de Infrações de Trânsito (Renainf), que permitirá saber quantas infrações são registradas no país, deveria reunir os dados de todos os órgãos de trânsito desde o último dia 30, conforme determinado ainda em 2016. Mas alguns estados ganharam mais tempo para participar.

Os prazos foram estendidos por meio de uma deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicada 2 dias antes. Além de São Paulo, outras 10 unidades da federação foram beneficiadas.

Leia aqui a matéria completa do G1.
Voltar